ASSEMBLEIA DISCUTE IMPORTÂNCIA DE CENTRO CULTURAL SOBRE SEGUNDA GUERRA

A Assembleia Legislativa debateu, na tarde desta segunda-feira (9), a viabilização de nova atração turística em Natal e Parnamirim, que consiste em um conjunto de ações relembrando a participação das cidades na Segunda Guerra Mundial. No debate, proposto pelo deputado Ubaldo Fernandes (PL), os participantes enalteceram o novo produto, idealizado para ser mais um equipamento turístico na Grande Natal.

O projeto Natal e Parnamirim Field na Segunda Guerra, idealizado pelo Sebrae/RN e com participação do Poder Público, consiste na divulgação sobre o confronto e como Natal e Parnamirim participaram da história. Em dois anos de levantamentos, foram mapeados diversos pontos de interesse histórico e cultural, que está reunido em um portal específico, em quatro idiomas (inglês, francês, espanhol e português. Mais do que os momentos históricos, o site reúne ainda fatos que marcaram a época, incluindo a participação de seus personagens.

“Esse trabalho será importantíssimo para o turismo do Rio Grande do Norte, disponibilizando mais uma alternativa aos potiguares e aos turistas que vêm à região, que verão que o estado não se limita ao turismo de praias”, explicou o deputado Ubaldo Fernandes.

Na audiência, representantes das prefeituras de Natal e Parnamirim, além do Governo do Estado, expuseram como será a participação do Poder Público nessas iniciativas. O projeto do Centro Cultural Trampolim da Vitória, no aeroporto Augusto Severo e na Base Aérea, em Parnamirim, foi apresentado pelos gestores de Parnamirim, além de representantes do Sebrae.

O Centro Cultural utilizará as instalações do antigo Aeroporto Augusto Severo, além de edificações localizadas na Base Aérea para remontar a passagem dos americanos, em solo parnamirinense, no período do grande conflito. Segundo o prefeito Rossano Taveira, até 20 de maio de 2020 tudo estará funcionando em sua totalidade.

“Vamos começar a funcionar inicialmente no dia 17 de dezembro e temos certeza que, a médio ou longo prazo, o Rio Grande do Norte vai colher os frutos dessa iniciativa”, disse o prefeito.

O espaço contará com cinco aviões, acervo de fotografias e material que reconta a história da cidade na Segunda Guerra Mundial. O novo Centro Cultural deve contar também com um espaço de saúde, voltado para vacinações, e existe a possibilidade de o espaço ser utilizado por escolas, oferecendo um conteúdo lúdico que facilitará o aprendizado dos estudantes que tiverem a satisfação de conhecer o local.

Além do Centro Cultural, a iniciativa do Sebrae conta com a divulgação em diversas plataformas, incluindo campanhas publicitárias, um website, perfis nas redes sociais e uma web série contando a história da participação potiguar na Segunda Guerra Mundial.

“Com toda certeza, a sociedade vai abraçar esse projeto, assim como o Poder Público. Estamos à disposição para colaborar como puder e no que precisarem”, garantiu Ubaldo Fernandes.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

SERTÃO, SERTÕES – O SINGULAR E O PLURAL NA OBRA DE OSWALDO LAMARTINE

Próxima notícia

ASSEMBLEIA COMEMORA DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *