Bolsonaro libera quase R$ 1 bi para Estados afetados pelas fortes chuvas na região Sudeste

Presidente sobrevoou áreas atingidas em Minas Gerais na tarde desta quinta-feira (30); recursos possibilitarão reconstrução da infraestrutura das cidades afetadas e o restabelecimento de serviços essenciais à população

Após sobrevoar de helicóptero as áreas atingidas pelas fortes chuvas em Minas Gerais, o presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quinta-feira (30), de reunião de trabalho em que editou medida provisória que abre crédito extraordinário, no valor de R$ 892 milhões, em favor do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O objetivo da medida é viabilizar auxílio emergencial financeiro para auxiliar os Estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro após as fortes chuvas que assolaram aquelas áreas, causando grande destruição nos municípios atingidos e desabrigando inúmeras famílias.

“Disponibilizamos hoje R$ 1 bilhão para esta região Sudeste atingida. Também os demais ministros, como Infraestrutura, a liberação de rodovias que estavam bloqueadas. A Caixa Econômica Federal, com a liberação de FGTS, a Saúde, bem como os demais ministérios” disse Bolsonaro. “Estamos trabalhando ombro a ombro para buscar mitigar os problemas ocorridos com essa catástrofe que aconteceu nos últimos dias”, completou.

Com essa medida, o Governo Federal espera promover a reconstrução da infraestrutura das cidades afetadas e o restabelecimento de serviços essenciais à população.

O Ministério do Desenvolvimento Regional já liberou R$ 7,7 milhões para auxiliar a cidade de Belo Horizonte. Os recursos, solicitados pelo município, serão aplicados na limpeza, recuperação do sistema de drenagem e pavimentação de ruas da capital mineira.

Confira outras ações do Governo Federal:

Bolsa Família

O Ministério da Cidadania liberou o pagamento do benefício para todas as famílias beneficiárias dos municípios afetados já no primeiro dia do calendário de pagamentos do Programa Bolsa Família, desconsiderando o escalonamento para agilizar o acesso ao benefício. Também foi antecipado o calendário do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de acesso, mediante aceite do beneficiário, do valor correspondente ao crédito de um mês do benefício.

Alertas para chuvas intensas

Desde a última quarta-feira (22), órgãos do Governo Federal fazem um alerta conjunto para chuvas intensas e altos acumulados de precipitação na faixa que compreende o Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal. A previsão aponta que os totais pluviométricos podem alcançar de 150 milímetros a 400 milímetros, impactando severamente esses estados.

As agências federais orientaram as defesas civis dos estados e municípios a remeterem o alerta aos demais órgãos que compõem seus sistemas de proteção e defesa civil, além de compartilharem as informações com institutos locais de previsão de clima e tempo. Além disso, cabe às Defesas Civis que atuam nas localidades o envio de alertas aos gestores municipais e às populações vulneráveis.

Por meio do sistema da Defesa Civil Nacional, já foram disparados mais de 2.600 alertas à população. É uma importante ferramenta do Governo Federal para estados e municípios evitarem mais perdas humanas e materiais.

Para se cadastrar, o cidadão precisa enviar um SMS com o CEP de interesse para o número 40199 e receberá a seguinte mensagem: “Cadastro realizado com sucesso. O celular está apto a receber alertas e recomendações de Defesa Civil…”. É permitido cadastrar mais de um CEP.

Ações em Minas Gerais

O Ministério da Saúde enviou de cerca de 2 toneladas de 30 tipos de medicamentos e 18 insumos, o equivalente a 8 ‘kits Calamidades’, com capacidade para atendimento de 12 mil pessoas/mês (cada kit atende 1.500 pessoas). Do total dos 8 kits, 4 já foram entregues (1 kit para o município de Ibirité, 2 kits para Manhuaçu e 1 kit para Contagem) e mais 4 foram autorizados (2 kits para o município de Sabará, 1 kit para São Gonçalo do Rio Abaixo e 1 kit para Cataguases), conforme pedido do estado à pasta.

O MS também autorizou o envio de 63.350 doses da vacina hepatite A para a Secretaria Estadual da Saúde de Minas Gerais (SES – MG). Desse total, 3.350 já foram entregues e as outras 60 mil doses serão enviadas nesta quinta-feira (30).

Ações no Estado do Espírito Santo

O Ministério da Saúde autorizou o envio de 8 ‘kits Calamidades’, com medicamentos e insumos estratégicos, sendo 3 kits já entregues e mais 5 autorizados.

Autorizou também o envio de 60.000 doses da vacina hepatite A e 60.000 doses da vacina dupla adulto (Difteria e Tétano) para a Secretaria Estadual da Saúde do Espírito Santo; e o envio de 20 mil frascos de hipoclorito de sódio 2,5% para a realização de tratamento intradomiciliar da água para consumo humano, nos municípios afetados.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Pequenos reservatórios recebem águas das últimas chuvas

Próxima notícia

Prefeito Rosano Taveira faz balanço da administração e anuncia obras para 2020

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.