CRI faz seminário de renovação técnica dos servidores

O Centro de Reabilitação Infantil e Adulto (CRI/CRA) realiza, nesta terça (10) e quarta-feira (11), das 8h às 17h30, no auditório da UNI-RN, o XIII Seminário de Reabilitação do Rio Grande do Norte e o IV Encontro de Gestores dos Centros Especializados de Reabilitação do RN. O tema será  “Habilitar e reabilitar: superando na prática os desafios ”.  O público alvo é de servidores do CRI/CRA e de todos os Centros Especializados em Reabilitação do RN. A abertura ocorrerá na terça-feira com a palestra magna: “A Atenção integral no contexto de reabilitação: desafios e possibilidades”, proferida por Lilian Meire de Oliveira de Cristo, mestrado em Psicologia da Saúde e doutorado em processos do desenvolvimento humano e saúde pela UNB.

De acordo com o diretor do CRI, Ítalo Targino, o XIII Seminário de Reabilitação é um evento tradicional dentro do contexto do Centro de Reabilitação, que vem com a proposta de renovação técnico e científica do servidor que atua na área de reabilitação em todo o RN. No seminário ocorrerá o encontro de diretores dos Centros Especializados em Reabilitação.  Segundo Ítalo, por ser o primeiro e o maior centro de reabilitação, o CRI/CRA tem a missão de não apenas ofertar o serviço como também atuar como centro formador para os demais centros do Estado.

“Temos a missão de reunir todos os servidores dos centros especializados de reabilitação do RN para discutir a renovação técnico-científica, bem como a gerência desses serviços de uma forma integrada e regionalizada, assim como os princípios da rede da pessoa com deficiência do sistema único de saúde”, explicou.

O evento vai discutir sobre as diversas temáticas que envolvem a reabilitação da pessoa com deficiência. Na programação constam palestras sobre “fluxograma na Atenção ao paciente com doença vascular periférica”, “Ampliação dos serviços no Centro de Reabilitação do RN,  “Atividade aplicada em pacientes estomizados”, “Construindo próteses de forma sustentável para pessoas com deficiência”, “Inovações no tratamento da Doença de Alzheimer”, “Microcefalia: Indicador para o diagnóstico de Doenças raras”, “Projeto de desenvolvimento humano por meio das atividades e terapias assistidas com equinos”, dentre outros temas.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

RN vai compartilhar resultados e inovações de investimentos em inclusão produtiv

Próxima notícia

Ação do MPRN prende ex-padre condenado por estupro

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *