Governo do RN destina R$ 2,2 milhões para entidades de acolhimento a idosos

As 32 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) do Rio Grande do Norte reconhecidas e cadastradas pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), estão convocadas a participar do edital do programa RN Chega Junto, que vai destinar R$ 2.241,9 milhões para o fortalecimento dessas entidades. A governadora Fátima Bezerra e a titular da Sethas, Iris Oliveira, assinaram na tarde desta terça-feira (08), na Governadoria, o documento que vai destinar recursos para a população da terceira idade que vive em situação de vulnerabilidade social.

O lançamento do edital ocorreu de forma híbrida – presencial e virtual – com participação de servidores públicos e representantes das ILPIs. A chefe do Executivo estadual destacou que o governo não tem medido esforços na busca por soluções de combate ao coronavírus. Ela ressaltou, por exemplo, a ativação de quase 600 leitos para tratamento Covid, que aos poucos têm sido revertidos para tratamentos em geral, beneficiando sobretudo a população da terceira idade.  “Fomos um dos primeiros a implantar nosso Plano de Contingência e, nesse momento, temos redobrado nossa atenção para a população idosa, principalmente por ser a faixa que mais precisava dos internamentos”, disse.

Fátima afirmou que o RN Chega Junto tem como característica principal alcançar as pessoas que mais precisam de apoio governamental, com suas seis ações para as quais estão sendo investidos quase R$ 9 milhões, de recursos próprios, via Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) e federais via Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19). “Estamos contemplando populações vulneráveis como idosos, povos tradicionais, mulheres, apátridas e refugiados. Dentre as ações que traduzem o RN Chega Junto, essa primeira ação chegou para ficar. Esse é o dever do Estado, que é a obrigação de fazer tudo o que estiver para ser feito em apoio as entidades de longa permanência para idosos”, afirmou.

Íris Oliveira destacou que o edital tem a função de apoiar as 32 entidades que tão bem cumprem o papel de acolher os idosos. “Nosso objetivo é melhorar o atendimento realizado ao acolhido. Sabemos que as demandas têm aumentado na pandemia e esses aportes serão utilizados para que as instituições possam ampliar suas atividades”, disse. Ela agradeceu à equipe de servidores do Suas [Sistema único de Assistência Social], reforçando que estão à disposição para tirar as dúvidas das entidades e auxiliá-las no processo de habilitar a documentação.

O edital de convocação tem duas categorias: na primeira, o valor de R$ 1.881,9 milhão será dividido pelas entidades que tiverem o plano de trabalho aprovado e com a documntação em dia. Servirá para cofinanciar as ILPIs com o valor de R$ 900 por usuário, limitado a 697 vagas, cujo valor correspondente a cada instituição selecionada dependerá do número de vagas ofertadas naquela Instituição. Na segunda categoria, a destinação de R$ 360 mil será rateado entre as entidades consideradas aptas, a fim de ser destinado para melhorias e adequações na infraestrutura das ILPIs. O documento será publicado na edição desta quarta-feira (09) do Diário Oficial do RN.

Participaram da solenidade, presencialmente, a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (Cedepi-RN), Tamires Oliveira, que representa como voluntária o Abrigo Juvino Barreto e enfatizou o feito de o Estado ter cadastrado as entidades, até então não relacionadas pelo Governo; o pastor Abel Moreira, do Ciade (Centro Integrado de Assistência Social), da Assembleia de Deus, reconheceu o apoio governamental pelo programa RN Chega Junto; e na sala online, Nazilda Dutra, da ARPI Associação Riograndense Pró-Idosos (ARPI), e professor Gustavo Dutra, do IFRN, representando o Centro de Promoção à Saúde do Idoso, presente em 16 dos 22 campi da instituição.

Também estavam presentes representantes das instituições Casa dos Idosos Jesus Misericordioso, Abrigo Deus é Caridade e Lar da vovozinha. Por parte do governo, na sala virtual, estava presente o vice-governador Antenor Roberto; no auditório da governadoria, o secretário de estado da Segurança Pública, Cel. Francisco Araújo e o seu secretário adjunto, delegado Osmir Monte; a secretária adjunta da Sethas Josiane Bezerra; a subsecretária da Saúde Liane Ramalho; a subsecretária do Gabinete Civil Laíssa Costa; a subsecretária do Trabalho Samanda Alves; e o subsecretário da Juventude Gabriel Medeiros.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

KELPS DEFENDE INTERIORIZAÇÃO DO TURISMO NO RN PARA AQUECER ECONOMIA

Próxima notícia

Aulas presenciais da rede pública estadual do RN só serão retomadas em 2021

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *