IPEM/RN realiza verificação anual de radares fixos em Natal e Região Metropolita

Os medidores de velocidade da BR-101 em de Natal, São Gonçalo do Amarante e São José de Mipibu, e da BR-406 em Ceará-Mirim foram verificados nos dias 14 e 16 de janeiro, pelo Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte – IPEM/RN. A verificação é feita anualmente para analisar se o equipamento está em conformidade com as especificações regulamentadas pelo Inmetro.

A verificação periódica do funcionamento correto dos medidores de velocidade é fundamental, pois os equipamentos são importantes para a segurança no trânsito, pois delimitam o limite máximo de velocidade que poderá ser atingido por um veículo em determinada via pública. As verificações têm validade de um ano e devem ser solicitadas pelas empresas ou órgãos administradores dos radares antes do término desse período.

De acordo com o subcoordenador operacional do IPEM/RN, Kaner Daladier Chaves, a verificação é realizada com cinco passagens sobre a faixa do medidor com um veículo especial, equipado com um cronotacômetro, que compara a velocidade fornecida pelo radar eletrônico com a do veículo onde está instalado o equipamento. “Somos responsáveis por fazer a verificação inicial, quando o radar é instalado, e uma verificação anual em todos os medidores de velocidade. Após a inspeção, os medidores são lacrados para garantir que continuem funcionando corretamente e apresentem registros válidos e confiáveis”.

Em caso de dúvida, o site www.servicos.rbmlq.gov.br/instrumento pode ser consultado para atestar quais radares estão aptos ao funcionamento. Caso o cidadão desconfie de alguma irregularidade também pode denunciar ao IPEM/RN pelos seguintes contatos: 0800-281-4054, com ligação gratuita; e-mail ouvidoriaipem.rn@gmail.com ou pelo whats app 84 98147-9433.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Com apoio da Prefeitura, Santander inaugura sua primeira agência em Parnamirim

Próxima notícia

Decolar aponta crescimento da procura por Natal no período carnavalesco

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.