MPRN divulga vencedores do VII Prêmio de Jornalismo da instituição

Ganhadores foram conhecidos nesta segunda-feira (9), em cerimônia na sede da PGJ. Ao todo, 29 trabalhos foram inscritos para disputa.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) divulgou os vencedores do VII Prêmio de Jornalismo da instituição. A solenidade de premiação ocorreu nesta segunda-feira (9), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal. O prêmio é um dos eventos formatados em alusão ao Dia do Ministério Público, celebrado em todo o país no dia 14 de dezembro.

O procurador-geral de Justiça (PGJ), Eudo Rodrigues Leite, parabenizou os vencedores, afirmando ser uma honra realizar o prêmio. “Com esse evento nós reafirmamos, enquanto instituição defensora dos interesses sociais e individuais indisponíveis, nosso compromisso com a democracia e a verdade acima de tudo. Esse é um grande encontro da atuação ministerial com o jornalismo em busca da verdade, um valor que permeia o exercício das duas atividades”, complementou, destacando o compromisso do MPRN com a imprensa livre, independente, democrática e investigativa.

O presidente da Associação do Ministério Público do RN (Ampern), Fernando Vasconcelos, também reforçou o papel fundamental da imprensa para a democracia. “É somente através da imprensa livre que a gente pode construir uma sociedade melhor. E, nesse momento, principalmente, em que há sensíveis ameaças às liberdades democráticas o papel do jornalista nesse país é muito mais essencial. É uma hora de profunda reflexão e de profunda defesa desse trabalho”, observou. O presidente da Ampern ainda ressaltou a importância de um jornalismo sério e profissional para fazer frente à disseminação de fake news.

Na edição 2019, foram inscritos 29 trabalhos, sendo nove na categoria Webjornalismo; cinco em Impresso; seis em Radiojornalismo; cinco em Telejornalismo; três em Fotojornalismo; e um na categoria Destaque Acadêmico.
Os trabalhos inscritos foram avaliados pela Comissão Julgadora formada pelos jornalistas Fred Carvalho, diretor de Comunicação do MPRN, Tullio Andrade, Mozart Augusto e Giselle Ponciano, servidores do MPRN, e a assessora de imprensa da Ampern, Zenaide Castro.

A solenidade também foi prestigiada pela procuradora-geral adjunta (PGJ-A), Elaine Cardoso, pela corregedora-geral do MPRN, Carla Amico, pelo chefe de gabinete, Carlos Henrique e pelos promotores de Justiça Mariana Barbalho, Érica Canuto, Leonardo Cartaxo e Mariana Rebello.

Veja a lista dos vencedores do VII Prêmio de Jornalismo do MPRN

FOTO
1 – Jose Aldenir Souza Machado  (ilustrou a matéria: “MP luta para acabar com lixões a céu aberto”);
2 – Magnus Teixeira do Nascimento (ilustrou a matéria: “RN: crianças que vivem em abrigos ganharão padrinhos”);
3 – Adriano Abreu dos Santos  (ilustrou a matéria: “Poder Público atua para tirar crianças de semáforos e pede ajuda à população”).

IMPRESSO
1 – Anderson da Silva Simões Barbosa (MP Luta para Acabar com Lixões a Céu Aberto);
2 – Julio Cesar Moreira Pinheiro (RN: Crianças que Vivem em Abrigos Ganharão Padrinhos);
3 – Mariana Ceci de França e Silva (MP Recomenda Anulação de Edital).

WEB
1 – Everton Dantas Beserra (MPRN Vai Usar Inteligência Artificial no Combate à Corrupção);
2 – Thyago Magnus de Macedo Paulino (Investigações do MPRN Revelam Interligação em Esquemas de Desvios de Recursos em Prefeituras),
Coautora: Roberta Caroça Seixas;
3 – Augusto César do Nascimento Gomes (Recomendação do MP Tenta Diminuir Impacto de Corridas de Rua em Natal e “Clandestinidade”).

RÁDIO
1 – Caroline Emile Magalhães Ribeiro (MP e o Conselho Tutelar na Defesa da Infância e da Juventude),
Coautores: Moisés H. C. Albuquerque; Vonúvio Gouveia Praxedes Júnior;
2 – Jacson Damasceno Silva (Ministério Público do RN Colhe os Frutos do Teletrabalho);
3 – Ana Beatriz Leão Nogueira (Nova Lei Reduz Sensação de Impunidade por Divulgação de Fotos Íntimas),
Coautor: Ciro Pereira Revoredo Marques.

TELEJORNALISMO
1 – Taysa Tamara da Silva Nunes (MPRN e o Programa Acolher),
Coautores: Alexandre Pereira da Fonseca; Moisés H. C. Albuquerque; Leonardo de Brito Melo;
2 – Marione Godeiro de Souza Duarte (Lixo Negociado);
3 – Oscar Xavier dos Santos Neto (Corridas de Rua).

DESTAQUE ACADÊMICO
Fellipe Matheus Peixoto Nunes (Hackfest: tecnologia no combate à corrupção).

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Ação do MPRN prende ex-padre condenado por estupro

Próxima notícia

Ipem/RN inicia Operação Papai Noel

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *