Oficina de Horta é promovida pela equipe de Educação Ambiental do Idema

A Subcoordenadoria de Planejamento e Educação Ambiental do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema finalizou, na tarde desta quarta-feira (24), a Oficina “Ensinando e aprendendo com a horta no ambiente de trabalho”, voltada para os jardineiros, copeiras e auxiliares de serviços gerais que atuam na sede do órgão ambiental e do Parque das Dunas.

A atividade foi ministrada pelo engenheiro agrônomo do Idema, Marcus Vinícius B. Araújo e aconteceu no auditório do Parque e sede do Idema, durante os dias 23 e 24. Respeitando as medidas de biossegurança no combate à propagação da Covid-19, os participantes foram divididos em turmas com poucos integrantes.

De acordo com a subcoordenadora da SPEA, Iracy Wanderley, a oficina de horta é uma iniciativa do Idema, que percebeu a necessidade da demanda e pôde viabilizar a atividade no próprio setor de Educação Ambiental. “Trabalhamos juntamente com os colaboradores e colaboradoras do órgão com o intuito de contribuir na qualidade da alimentação das nossas equipes, orientando na construção de hortas para cultivo de hortaliças como fontes de vitaminas e sais minerais, que trarão benefícios à saúde de todos com hábitos alimentares saudáveis. É uma verdadeira cadeia e também serve de inspiração para as demais pessoas. Com ações voltadas para a qualidade de vida no ambiente de trabalho, todos saem ganhando, inclusive o meio ambiente”, disse Iracy.

Dentre os principais pontos abordados durante a Oficina, o engenheiro agrônomo apresentou conteúdo sobre o sistema de defesa e ataque das plantas; conhecimento e preparação da terra; formas de cultivo; principais utensílios utilizados nesses procedimentos; análise de solo; adubo químico (NPK) e orgânico; processo de compostagem, entre outros.

Para Ednaldo Ribeiro, mais conhecido como “seu Naldo”, que trabalha na jardinagem da sede do Instituto, a ideia de ter um curso contribuirá com seu trabalho diariamente. “Receber informações de um profissional que realmente estudou sobre o assunto é muito bom. Eu nunca tinha tido uma orientação sobre hortas e pude aprender bastante. Realizo meu serviço de cuidar das plantas com todo o carinho, mas todo conhecimento é bem-vindo para nos ajudar a melhorar”, comentou.

Para Adriana Azevedo, que exerce a função de copeira no Idema, a participação nessa atividade foi bastante positiva. “O que nós aprendemos durante a oficina vai servir não apenas para o local de trabalho como para nosso dia a dia com nossos familiares. A próxima ida à casa de minha mãe, em Parelhas, vou repassar o que aprendi e fazer uma horta para ela. Ter informações sobre o processo de cultivo de plantas e os procedimentos adequados durante a oficina foi muito importante”, disse.

Ao final da parte teórica, os participantes realizaram um momento prático no espaço onde já existe horta no Idema. Na oportunidade, puderam preparar a terra e realizar o plantio de alface, coentro, cebolinha, tomate, e demais plantas.

“Agora eles poderão colocar em prática tudo o que aprenderam durante a oficina. Foi um conteúdo rico e acessível sobre diversas questões, como os cuidados com as plantas, o solo, a rega das mudas, a limpeza do quintal e a importância de nos alimentarmos corretamente respeitando e sabendo lidar com todos os processos, desde o plantio até o alimento em nossa mesa, além do aproveitamento da matéria orgânica. Todos os participantes poderão colher as hortaliças plantadas durante a atividade para consumirem em casa”, finalizou Iracy Wanderley.

Nos próximos meses, mais duas oficinas estão previstas para os colaboradores do órgão ambiental: compostagem e produção de defensivos naturais.

Foto: IDEMA-RN

IDEMA-RN / ASSECOM-RN

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Ação estadual divulga turismo pelo RN

Próxima notícia

Justiça suspende eleição da Federação das Câmaras Municipais no RN

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.