Prefeito recebe visita do Ministro da Embaixada Francesa

O Prefeito Rosano Taveira recebeu nesta quarta-feira (13) no seu gabinete a visita do ministro conselheiro da Embaixada da França em Brasília, Gilles Pecassou, e do diretor da Aliança Francesa, Ernesto Guerra.

O encontro teve como objetivo apresentar o projeto do Centro Cultural Trampolim da Vitória, espaço multicultural que vai unir atrações históricas, culturais e de entretenimento, potencializando o turismo e difundindo a história de Parnamirim, nas dependências da Ala 10, unidade da Base Aérea Brasileira, sediada em Parnamirim.

Na ocasião, estavam presentes o secretário de Planejamento, Finanças, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Giovani Rodrigues Júnior; o chefe do Gabinete Civil, Wolney França; os pesquisadores do Centro Cultural; e equipe técnica da Prefeitura.

Gilles Pecassou elogiou a iniciativa. “Fico muito feliz ao ver este projeto avançando, foi uma ideia incrível. Temos uma história compartilhada entre os dois países e contar essa história é muito importante para nós”, explicou.

De acordo com o prefeito, a visita é um momento importante para o desenvolvimento do projeto “Estamos propondo uma união de esforços para o resgate de um espaço que além de alavancar o turismo em Parnamirim, fomentará o desenvolvimento em nossa cidade”, explicou.

O encontro terminou com a visita ao local onde vai funcionar o museu do Centro Cultural e apresentação da Banda de Música Trampolim da Vitória, da Fundação Parnamirim de Cultura.

 

O Projeto

Na ocasião, o secretário explicou que o Centro Cultural vai utilizar as instalações do antigo Aeroporto Augusto Severo, mais precisamente, a área do terminal de embarque e desembarque de passageiros, além de outras edificações sediadas na Ala 10.

Na área em que funcionava o antigo terminal de passageiros funcionará um pavilhão de exposições, com mostras temáticas e exposições de aviões utilizados na época da 2ª Guerra Mundial.

Outro espaço utilizado será o Campo da Aeropostale/Air France, que teve suas origens no ano de 1927, quando aqui chegou Paul Vachet, a fim de instalar um aeródromo para a empresa francesa de aviação, dando início assim a história de Parnamirim.

Além deste espaço, será utilizado ainda a Estação da Lati, fundada em 1939 quando a Linee Aeree Transcontinentali Italiani (Linhas Aéreas Transcontinentais Italianas) construiu seu primeiro Hangar para ligação aérea das Américas com a Europa, em substituição aos alemães, envolvidos na 2ª Guerra Mundial.

Serão utilizados ainda três edificações da Base Oeste da Ala 10, construídas originalmente pela aeronáutica, a partir de 1942, com a criação da Base Aérea de Natal.

“Parnamirim terá seu capítulo contado, dentro dessa história, através do resgate de espaços considerados ícones, que são os prédios onde funcionavam o teatro, o hospital e o comando geral, no período da segunda guerra”, explicou Giovane Júnior.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Concurso para Apoio Escolar transfere local de provas de duas escolas

Próxima notícia

PROPOSTA POR EZEQUIEL, SESSÃO SOLENE HOMENAGEARÁ 105 ANOS DA ESCOLA DOMÉSTICA

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *