Prefeitura apresenta PPA ao vivo com participação popular

A participação da população na administração pública se faz cada vez mais necessária para que o próprio cidadão, que é o maior interessado, se envolva com as decisões do governo. Desta forma, a Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Planejamento e Finanças (Seplaf), apresentou, na manhã desta quinta-feira (26), com transmissão ao vivo pelo Facebook, o Plano Plurianual de 2022 a 2025, com a presença online de mais de 200 pessoas. O prefeito Rosano Taveira ressaltou a importância do debate aberto para o desenvolvimento e elaboração de projetos, que abrangem todas as áreas com eixos da saúde, mobilidade urbana e segurança.

“Esta participação é essencial para que o próximo PPA consiga atender às demandas da população e apresentar soluções para os problemas da cidade”, disse Taveira.

Os resultados obtidos serão utilizados como base para formular as ações futuras para o período de 2022 a 2025.

De acordo com Giovani Júnior, é preciso estimular a participação de todos no planejamento e construção da cidade e, também, provocar a participação de conselhos comunitários para que os cidadãos possam contribuir de maneira mais decisiva no encaminhamento das questões prioritárias.

Sem planejamento, não há crescimento. Somente por meio do planejamento a gestão pode estabelecer prioridades e indicar caminhos para desenvolver um conjunto de políticas, visando a promoção de uma sociedade mais justa e melhor para todos.

Participaram da audiência o secretário adjunto da Seplaf, Josuá Neto, o secretário da Sesdem, Marcondes Pinheiro, o presidente da Câmara, Wolney França, os vereadores, Michael Borges, Marquinhos da Climep, Léo Lima, a secretária adjunta da Semsur, Rárika Bastos e o secretário da Searh , Homero Grec.

Texto: Andrezza Barros

Fotos: Ana Amaral

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Secretário Daniel Américo recebe secretário de Turismo de Natal no Centro Cultural, nesta quarta-feira, 25

Próxima notícia

Câmara de Parnamirim adota medidas sustentáveis visando a redução de custos e proteção ao meio ambiente

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *