Presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN destaca investimento do Ministério do Turismo para divulgação em terras potiguares

Com o anúncio do Ministério do Turismo (MTur) para investimento na realização de ações de promoção de destinos turísticos no Rio Grande do Norte, o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN (SHRBS-RN), Habib Chalita, destacou a importância dessa iniciativa do Governo Federal. “A pandemia atingiu fortemente o turismo e atitudes como essa do Ministério chegam para dar suporte e valorizar esse importante segmento da nossa economia”, disse.

Com esse apoio financeiro do Ministério, o Rio Grande do Norte receberá R$ 488,3 mil para, segundo o MTur, construção de campanhas promocionais com foco no turismo interno e de proximidade (curta distância) que, seguindo tendências mundiais, será um forte impulsionador da retomada do turismo. “Todo investimento para o turismo sempre é bem recebido e aqui em nosso estado temos muitos potenciais turísticos para receber isso”, disse Chalita.

De acordo com informação divulgada pelo Ministério, as secretarias estaduais de Turismo precisaram cadastrar propostas de promoção dos seus destinos internos até outubro do ano passado. Cada estado pôde pleitear um apoio de até R$ 500 mil.

Após análise e aprovação pela Secretaria Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo que, em alguns casos, pediu esclarecimentos adicionais sobre os projetos, os contratos foram firmados no final de dezembro.

“Queremos que o setor de turismo, tão impactado pela pandemia, possa se recuperar e promover o seu turismo interno, seguindo todas as regras de biossegurança que garantam a proteção de turistas e trabalhadores do setor. O objetivo é promover o turismo interno, ou seja, o Rio Grande do Norte para os próprios potiguares e assim também nos demais estados do país, demonstrando que é possível redescobrir os nossos destinos turísticos com responsabilidade e segurança”, afirmou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

O MTur explicou que a liberação dos recursos ocorrerá após apresentação de documentação ao Ministério do Turismo pelos gestores locais relacionadas a publicação dos editais para produção das campanhas promocionais, obedecendo os critérios estabelecidos na Portaria Interministerial nº 424, de 30 de dezembro de 2016.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Curso de processo legislativo será ministrado na Câmara Municipal de Parnamirim

Próxima notícia

Concurso da PF com 1,5 mil vagas tem edital publicado; provas serão em março

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *