SAÚDE NO LEGISLATIVO COMEMORA O DIA DO HOMEM E ALERTA PARA O CÂNCER DE PRÓSTATA

A Saúde no Legislativo promoveu nesta terça-feira (19), um evento alusivo ao novembro azul, no salão nobre da Assembleia Legislativa, na data em que se comemora o Dia do Homem. O principal objetivo do evento foi fazer um alerta para a importância do cuidados e prevenção para o câncer de próstata.

Os servidores que participaram da iniciativa assistiram uma palestra com o médico Estácio Medeiros. “Vim fazer uma alerta e tentar quebrar um tabu que existe entre os homens com relação ao exame da próstata. Mostramos que cuidando da saúde, fazendo os exames periódicos a cada ano, as chances de cura com relação aos homens que por ventura desenvolver o câncer são maiores”, esclareceu Estácio Medeiros.

Além da palestra o evento ofereceu corte de cabelo com os profissionais e alunos do SENAC, exames do PSA que é um marcador que indica a probabilidade da presença do câncer, exame de glicose e atividades de relaxamento para os homens.

A cirurgiã dentista, Ângela Lima, atua no setor de saúde da casa e falou da importância do evento. “Além de alertarmos aos homens a respeito do câncer de próstata, esse evento é mais uma oportunidade do setor de saúde mostrar o que temos para beneficiar os servidores da Casa. E hoje o dia é dedicado aos homens, assim como já fizemos para as mulheres em vários outros eventos durante o ano”, destacou Ângela Lima.

O evento contou com a participação dos homens de distintos setores da Casa Legislativa. O servidor João Maria, atua no setor de manutenção e disse que a palestra foi bastante esclarecedora. “Nós já temos o conhecimento do câncer através das redes sociais, de campanhas públicas, mas toda a demonstração que o médico Estácio Medeiros fez esclareceu bem mais. Além disso como tudo que está sendo oferecido para nós, nos deixa felizes e mostra a preocupação e valorização que a Assembleia tem com os servidores ”, disse João Maria.

Segundo o Ministério de Saúde do Brasil, o câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, só perde para do câncer de pele. As estimativas apontam 68.220 novos casos por ano. Esses valores correspondem a um risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens, além de ser a segunda causa de morte por câncer em homens no Brasil, com mais de 14 mil óbitos.

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Prefeitura emite comunicado sobre concurso da saúde e assistência social

Próxima notícia

Prefeito reúne secretários para definir ações de instalação do Centro Cultural

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *