Vereadora Fativan Alves cobrou disponibilidade de anestesistas na Maternidade Divino Amor

A vereadora Fativan Alves usou a tribuna na manhã desta segunda-feira (27), durante a 60ª Sessão Ordinária, para falar novamente sobre questões de Saúde pública. A parlamentar abordou a ausência de anestesistas na Maternidade Divino Amor, e como isso impacta a vida das mulheres no município, relatando casos de pacientes que vivenciaram dificuldades.

A vereadora, aparteada pelos parlamentares Gabriel César, César Maia, Rhalessa de Clênio, Marquinhos da Climep e Irani Guedes, também mencionou o Hospital Márcio Marinho, que está sem funcionar por falta de água.

Além disso, três redações finais foram aprovadas ao final da sessão.

Fonte: Malu Figueiredo – Ascom/CMP

Jornal de Parnamirim

Notícia anterior

Inscrições para curso da Semas e IFRN superam expectativas

Próxima notícia

Beneficiários com NIS final 8 recebem hoje Auxílio Brasil

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.